Sábado, Julho 21, 2018
   
TEXT_SIZE
Español (spanish formal Internacional)Português (Brasil)English (United Kingdom)

Plataforma logística produtiva

A construção dos novos portos de Posadas e de Santa Ana e do Parque Industrial Posadas constitui uma excelente oportunidade para dar impulso à criação da Plataforma Logística Produtiva (PLP) com trabalho cooperativo e de inversão pública e privada.

O Governo Nacional, o Estado de Misiones e a Prefeitura de Posadas, no Plano Estratégico Territorial 1810-2016 Argentina do Bicentenário e o Plano Estratégico Posadas 2022, promovem a criação de uma infraestrutura que proporcione os meios para a produção, o comércio e o transporte, dando impulso à criação da Plataforma Logística Produtiva que permita integrar a rodovias, o porto, o aeroporto a ferrovia os serviços da Alfândega e comunicações, com o intuito de dotar de melhores condições e maiores facilidades para a competitividades, a integração e a internacionalização das entidades produtivas e de serviços do Estado e do Município.      

Ver PDF

 

Porto de Posadas

Consequentemente, a construção dos novos portos de Posadas e de Santa Ana, constituem uma ótima oportunidade para dar impulso à criação da Plataforma Logística Produtiva (PLP) com trabalho cooperativo e de inversão pública e privada.

Este projeto de reativação desses portos é financiado pela EBY, cujo compromisso está explicitado no Plano de Finalização de Yacyretá, sendo executado pelo Estado.

No novo Porto de Posadas serão realizadas não só atividade portuária propriamente dita. Serão desenvolvidas uma extensa gama de serviços logísticos complementando-se com a futura Zona de Atividades Logísticas (ZAL) e com o Parque Industrial de Posadas. Este novo empreendimento possibilita um importante movimento tanto comercial como industrial e de transporte fluvial pelo Rio Paraná, para cargas de exportação e também para cargas destinadas ao mercado nacional.

O novo Porto de Posadas está localizado a uns 10 km da Capital do Estado, na confluência dos rios Apepú e Rio Paraná, águas abaixo de Posadas. O acesso terrestre é, para trânsito pesado, pela Rodovia 12 e o acesso fluvial é pelo Rio Paraná das Palmas, atravessando as eclusas de Yacyretá.

O porto terá uma plataforma operativa e um setor público, tendo-se projetado também uma zona para barcaças em espera, um espaço para minerais e uma via de acesso que vinculará a zona portuária com a estrada já existente.

A plataforma do cais terá 151,50 m de frente e 50 m de largo, estando dimensionada para que possa operar sobre ela uma grua elétrica sobre pórtico, de aproximadamente 150 t.

Esta plataforma terá um Setor Operativo para ser usada como praça de contêiner, para movimento de até 1.000 contêineres mensais de 20 e de 40 pés, com cargas gerais, refrigeradas e cargas perigosas. O Setor Público, também pavimentado, de 151,50 m de comprimento por 40 m de largo, estará localizado atrás desta plataforma.

Na região Nordeste, está previsto a localização da zona reservada para uma futura expansão do Porto o que vai permitir ampliar a plataforma em aproximadamente 100 m. para completar 252,50 m de comprimento. Neste setor serão instaladas duas estruturas de atraque, continuando a linha da frente do cais, funcionando ali, uma zona de embarcações em espera.

Na região Sudeste, em uma zona de recheio, será instalada uma zona de minerais, destinada fundamentalmente a operações de estoque, carga de embarcações e distribuição fluvial de pedra britada da região. Para a atracação de barcaças mineraleras, serão instaladas duas estruturas com a praça por sendas passarelas metálicas curtas.  .

Está previsto a operação de Barcaças de 60 m de eslora, 12,20 m de banda, 1.500 t

 

 

Porto Santa Ana

 

O Porto de Santa Ana, por sua vez, foi planejado como um grande centro de estoque acondicionamento e transporte de cereais provindos do Sul do Brasil pelos passos fronteiriços a Alba Pose e San Javier, com destino às indústrias azeiteiras localizadas em Rosário (Santa Fé) ou aquelas que se instalarem em Santa Ana, como também para cargas gerais.